sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Purugunta onde vai

"Muriquinho piquininho,
muriquinho piquininho, oi parente,
de quissamba na cacunda.
Purugunta onde vai,
Purugunta onde vai, oi parente.
Pru quilombo do Dumbá.
Ê chora, chora, mgongo, oi deverá.
Chora, mgongo, chora.
Ê chora, chora, mgongo, oi cambada.
Chora, mgongo, chora..."

"O nome do grupo, Muriquinhos, foi baseado na letra de uma cantiga popular que acompanha manifestações culturais como o jongo e a capoeira. É um canto dos escravos que conta a história de um menino pequenino que foge para um quilombo, o Quilombo de Dumbá. Foge com uma trouxinha nas costas e os outros meninos choram por não poderem ir também.
Muriquinho é um jeito de falar molequinho bem pequeno. Uma palavra do linguajar popular, que quer dizer criança e que no final das contas é o que todo mundo vira quando constrói brinquedos.
Ser um muriquinho é ter esse espírito que brinca e que brincando é livre."

Eu já escrevi isso aqui... logo quando começamos o blog... mas é bom lembrar qual é a energia que nos movimenta...
Além disso, lá ficou faltando o som, com os tambores que dão o ritmo para as batidas do coração. Enquanto não temos uma gravação com os músicos do grupo, ficamos com esse vídeo, sugerido pela Rosana, do Naná Vasconcelos e do Projeto Guri:

Nenhum comentário:

Postar um comentário